O Cate - Inspiração DICA | Como a sua ideia pode virar um negócio
18 de maio de 2021
A imagem é uma foto. Em um quarto, que também é escritório, uma mulher negra, de tranças e camisa florida de mangas longas, está sentada em uma cadeira, segurando uma caneta marca-texto e olhando para a câmera. Em frente a ela está uma mesa de madeira, com um notebook aberto, um abajur e outros materiais, como canetas e papéis coloridos.

DICA | Como a sua ideia pode virar um negócio

Seja por necessidade ou por desejo, para empreender é fundamental ter uma boa ideia e conseguir tirá-la do papel. Para um povo criativo como o brasileiro, boas ideias não são um problema, mas ter um plano de ação para transformá-las em negócio requer esforços a mais. 

Segundo levantamento feito em 2019, pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), cerca de 52 milhões de brasileiros tem seus próprios negócios. Desses, aponta o Sebrae, 9.031 milhões estão na categoria de microempreendedores individuais (MEIs). 

A pesquisa da GEM ainda revela que 23,3% dos empreendedores estão em fase inicial e que desses, 88% recorreram a esse modelo por acharem que os empregos formais estão escassos. Em um contexto de pandemia e crise econômica, a tendência é que o número de microempreendedores aumente ainda mais. 

Para começar a empreender

Tornar-se um empreendedor começa muito antes de ter uma empresa aberta. Depois da ideia é preciso entender se vão se interessar por ela. Faça uma pesquisa boca a boca com as pessoas de sua convivência e perceba se elas comprariam o produto ou o serviço que você pretende oferecer. Isso é fundamental para entender se existe demanda para o seu negócio.

Em seguida, tente encontrar qual é o maior diferencial que a sua ideia tem. Se é estético, se é pela inovação, se é pelo preço, se ela resolve um problema, se ela é personalizada. Esse aspecto vai ajudar a criar um valor em cima do produto/serviço e deve ser bastante explorado na comunicação.  

Engana-se quem acha que só se começa a vender depois de todo o negócio montado. Ainda nessa fase de teste é possível fazer um “piloto” da sua ideia, produzindo pequenas quantidades e oferecendo seu produto/serviço em uma área reduzida. Com isso é possível, na prática, conhecer os valores de investimento, o tempo de trabalho gasto, a logística de venda, além do volume da clientela.

Se até aqui tudo saiu bem, aí sim é hora de estruturar seu plano de negócio e colocar a empresa na rua. Para conhecer de maneira mais aprofundada esse passo a passo, faça a sua inscrição no curso “Como sua ideia pode virar um negócio”, disponível gratuitamente aqui no portal Cate. Você vai passar por uma jornada de formação, vai obter certificado e ainda contar com material complementar para pesquisa. E aí, vamos tirar a sua ideia do papel? É só clicar aqui. 

[Total: 12    Média: 4.3/5]

Comentários

0